Total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

SAUDADES DE PAI E MÃE


Colo de Mãe e Pai

Li certa vez numa crônica da Martha Medeiros, na qual ela disserta as desvantagens entre o que o mundo exige de cada um de nós e as vantagens em se ter uma mãe na infância, na adolescência, na juventude e até na idade adulta.
Porém é desolador quando não temos nossos pais junto de nós para ganhar aquele abraço, aquele colo aconchegante nas dúvidas, nos problemas do dia-a-dia para acalmar nosso coração nos momentos de angústia e fraqueza. E quando já passamos dos 70, pais e irmãos já não estão entre nós, é quando nos sentimos abandonados, é quando a saudade aumenta... 
Abandonados pela sociedade, pelos amigos, parentes mais próximos... E, quando a distância e as mazelas da idade impedem em estarmos junto aos entes queridos, a solidão desse mundo te assola. Até nos momentos felizes, não temos  aquele abraço revigorante de nossos pais pelo nosso sucesso. 
Saudades de Mãe e Pai que já partiram para junto de Deus. Mesmo sabendo que de onde estão velam por mim. Falta-me o contato físico do abraço reconfortante e do colo aconchegante que só pai e mãe são capazes de dar...
Bons tempos esse da foto em que constantemente estava no colo de meu pai. Na foto eu estava com 4 ou 5 anos. Bons tempos...
Confissões de uma septuagenária...

Nenhum comentário:

Postar um comentário