Total de visualizações de página

domingo, 6 de março de 2016

AMANHECEU





São cinco horas, a luz invade o quarto através da veneziana e de mansinho vai clareando e dando vida à escuridão. Essa luz resplandescente e a música suave dos pássaros anunciam mais um dia amanhecendo. 
Abro as janelas e portas, deixo a luz e aquele som inebriante penetrar por toda a casa. Da janela descortino o sol iluminando devagarinho as montanhas lá ao fundo, e seu  reflexo nas água da lagoa. Essa luz maravilhosa vai se erguendo, atravessa as palhas das folhas do coqueiro e ilumina toda a varanda, o verde das matas, o colorido das flores e o meu ser. 
O céu de um imenso azul, maravilhosamente indescritível, colore o meu dia. 
Bom dia, meu Deus!
Bom dia, natureza!
Bom dia, vida!
Bom dia meu amigo, minha amiga!
Mais um dia nasceu! 
Só temos a agradecer tão imensa dádiva!
(Ana Fontes-Janeiro/2004)

Nenhum comentário:

Postar um comentário